AngularJS, Angular 1, Angular 2 ou Angular 4? Que confusão!

O AngularJS surgiu dentro do Google em meados de 2008 meio que sem querer.

Um desenvolvedor chamado Misko Hevery precisava resolver um problema específico dentro de algumas aplicações e, depois de codar muito, olhou pro que ele tinha feito e pensou:

“Olha só, acho que dá pra eu deixar isso um pouco mais genérico e liberar pra galera usar”.

E assim nascia o Angular.

Por várias razões, este framework se tornou extremamente popular entre os desenvolvedores e ganhou muita força na comunidade e uma quantidade enorme de adeptos. Teve até muita gente que não precisava, mas mesmo assim construiu sua aplicação com Angular.

O tempo foi passando e o pessoal do Google viu que o monstrinho que eles tinham criado era muito legal, mas havia várias questões que poderiam ser melhoradas. Eles resolveram, então, criar um framework novo, o Angular 2.

Foram lá e reescreveram tudo do zero! Tomando muito cuidado de não repetir os erros da primeira versão e fazendo tudo o melhor possível.

Quando essa segunda versão saiu, alguns devs ficaram um pouco chateados pensando:

“poxa, mas eu estudei tanto a versão 1, agora vou ter que reaprender do zero?”

E eles ficaram ainda mais chocados quando, pouco tempo depois desta segunda versão sair, o Google vir de supetão anunciar o Angular 4!

“Mas pera… Eles acabaram de lançar uma versão nova e logo em seguida lançaram outra? Tá meio estranho isso aí, não tá não?”

De início, pode parecer um pouco confuso sim. Mas no fim das contas é mais simples do que parece!

Pra desmistificar tudo isso aí, eu chamei a Vanessa Tonini pra um episódio do Alura Live!

A Vanessa é instrutora da Caelum e entre os cursos que ela dá, está o de Angular 🙂

Confira como foi o nosso papo:

Gostou deste vídeo? Então não deixe de se inscrever em nosso canal no Youtube!
O Alura Live vai ao ar todas as quintas lá em nossa página no Facebook. Confira quais os assuntos dos próximos episódios aqui.

(Última atualização em: 2 de agosto de 2017)

Desenvolvedor e criador de conteúdo no grupo Caelum. Host do Alura Live. Sempre aprendendo coisas novas e passando o conhecimento adiante.

  • João Paulo Mesquita

    Ahh… aqui não rola conteúdo em vídeo, seria bacana poder ler 🙁

    • Richelly Italo

      Pra mim entra como podcast, dou play e toco o barco. Mas tô ligado no que você detalhou.

Próximo ArtigoDeixando o código mais simples com refatoração no Java