Cultura de aprendizado

Como montar uma cultura de aprendizado na sua empresa

(Last Updated On: 27 de abril de 2018)

O que há de mais valioso em uma empresa? Se você falou que são as pessoas, acertou.

Mais especificamente, são as capacidades das pessoas que conseguem empurrar um negócio para o crescimento: o quanto elas conseguem aprender, colocar o conhecimento na prática e transformá-lo em um benefício para o avanço da empresa.

Cultura de aprendizado: por que ela é importante?

Imagine um ambiente de trabalho onde as pessoas estagnam, as tarefas estão automatizadas, e situações novas – tais como projetos ou mudanças – não são bem-vindas, pois representam um desafio à ordem já estabelecida.

Sem dúvidas, em uma estrutura desse tipo, as equipes podem passar a se sentir desengajadas e sem motivação para ir além das tarefas rotineiras dos seus cargos. Assim, esse ambiente acaba fechando espaço para soluções criativas e inovação que, em outras empresas, impulsionam os resultados comerciais e o crescimento do negócio como um todo.

Então, como criar uma cultura de aprendizado na sua empresa que a ajude a andar rumo sucesso?

A diferença (nada sutil) entre o treinamento corporativo e a cultura de aprendizado

Várias empresas contratam programas de capacitação para os seus funcionários pensando no bem-estar da empresa. Os treinamentos pontuais até conseguem resolver algumas necessidades pontuais, como treinar a equipe em uma nova linguagem de programação para criar um novo aplicativo, por exemplo.

cultura de aprendizado

Mas, para conseguir uma evolução constante – tanto pessoal como profissional – das pessoas na empresa e garantir, assim, um crescimento comercial, é preciso muito mais do que programas de treinamento.

Uma verdadeira cultura de aprendizado nasce de ações consecutivas que promovem conhecimento.

Trata-se tanto de eventos formais (como treinamento presencial, palestras ou cursos online), como também de episódios do dia a dia: um colega transmitir conhecimento para outro, determinar um líder para o seu time ou disponibilizar quaisquer artigos, livros, vídeos, podcasts ou webinários, com quais os funcionários possam adquirir algum conhecimento.

Cultura de aprendizado como função do negócio

Uma cultura forte de aprendizado consegue gerar resultados comerciais ao alinhar as ações de capacitação com as metas do negócio. Por isso, criamos a Jornada Alura de Educação Corporativa, que visa apoiar os times no planejamento, na execução e na multiplicação do aprendizado. 

Seguindo os passos desta metodologia, as empresas podem escalar o processo de capacitação de forma previsível. Assim, ao obter resultados financeiros e não financeiros dos programas de treinamento, será possível também preparar o terreno para a criação de uma cultura forte de aprendizado, que terá como principal tarefa multiplicar o conhecimento na empresa e formar pessoas altamente capacitadas que podem conduzir o negócio ao crescimento.

Conheça agora a Jornada Alura de Educação Corporativa nesse post!

Cultura de aprendizado

Como montar uma cultura de aprendizado forte na sua empresa

Além de combinar métodos formais e informais para as pessoas ganharem conhecimento, é preciso que elas também ganhem o hábito de estudar um pouco todos os dias.

Adote o Microlearning

Uma das tendências dos últimos anos para promover o conhecimento dentro do ambiente corporativo é deixar as equipes consumirem conhecimentos em doses pequenas e regulares.

Por exemplo, um funcionário pode passar uma parte da sua jornada de trabalho estudando sobre um assunto por sua própria conta, ou até mesmo fazer um curso online, escolhendo um horário que mais lhe for conveniente.  

Desta forma, ele está aprendendo e, ao mesmo tempo, não deixa de estar presente para exercer as tarefas do seu cargo e discutir novos projetos com a equipe.

Este tipo de aprendizagem chama-se Microlearning, e várias empresas estão adotando essa prática em seus times, uma vez que ela se encaixa com a rotina deles por sua eficiência.

Além disso, ela ainda promove a aquisição de conhecimento no dia a dia, com informações disponibilizadas em pequenas porções, sem que seja exaustivo. Conheça mais sobre o Microlearning nesse post!

Eventos para promover conhecimento

Já os meetups, ou workshops, organizados na empresa têm outro papel primordial na hora de promover a cultura de crescimento constante. Debatendo e compartilhando ideias, as pessoas costumam absorver muito conhecimento, além de poderem expressar opiniões e compartilhar experiências pessoais.

As palestras práticas e inspiracionais feitas por colaboradores e para colaboradores, como a Google Tech Talks, são um excelente exemplo de vias informais para propagar conhecimento, habilidades e comportamentos.

Aqui na Caelum, fazemos sessões quinzenais, chamadas Almoço técnico. Pedimos comida juntos e, depois do almoço, assistimos a uma palestra, organizada por um ou uma colega sobre tópicos interessantes, para então discutirmos o exposto.

Baixe também o Infográfico 5 passos para montar uma cultura de aprendizado na sua empresa!

Os temas são diversos e associados tanto ao trabalho como ao crescimento pessoal. Como somos uma equipe bastante diversa, é muito legal poder ouvir e compartilhar experiências, e aprender um com o outro.

Cultura de aprendizado

Sem medo de errar

Na Facebook, os colaboradores estão incentivados a arriscarem e a errarem. Mais precisamente, é adotada uma cultura do avanço, mesmo que esta venha com um maior risco.

Uma aprendizagem mais rápida permite também colocar o conhecimento na prática e criar produtos de forma mais enxuta. Assim, ao implementar novas técnicas ou metodologias, eventualmente, em algum momento, algo pode dar errado.

Isso vai acabar com a empresa? Se não, deixe-os testarem aquilo” exclama Mark Zuckerberg no podcast Masters of Scale.

Uma maior responsabilidade dada aos funcionários pode ser benéfica na hora de transferir o conhecimento à prática, pois, às vezes, é a falta de incentivos e apoio da parte da gerência que cria um vão entre o aprendido e o aplicado.

Resumindo, pôr a mão na massa sem se preocupar demais com a possível imperfeição do resultado é algo que possibilita aos colaboradores converterem seu conhecimento em ações produtivas para a empresa.

Agora é com você!

Quer montar uma cultura forte de aprendizado na sua organização? Baixe o nosso guia As práticas para montar a cultura de aprendizado e conheça dicas que podem converter o ambiente na sua empresa em uma máquina corporativa de conhecimento.

FIQUE POR DENTRO

Próximo ArtigoNavegando com abas no mobile