Como optar por cursos para seguir carreira na área de 3D?

Seja no cinema, na publicidade, nos jogos digitais ou até em projetos arquitetônicos, o uso do fotorrealismo e da animação em três dimensões é cada vez mais presente em diversos tipos de mídias. E não é para menos: os softwares 3D ganharam versões com melhor usabilidade e, consequentemente, conquistaram mais usuários.

Não são apenas os publicitários, designers, programadores, arquitetos e diretores de arte que utilizam esses recursos. Hoje, qualquer estudante competente é capaz de tirar seus desenhos do papel e começar uma carreira na área de 3D.

Por isso, neste post você vai aprender a escolher o curso de 3D mais adequado para o seu perfil, além de conferir algumas dicas para se especializar e conquistar mais habilidades profissionais. Vamos lá?

Conheça as tendências do mercado

Nos últimos anos, podemos notar o surgimento de novos caminhos no cenário do design digital, em que o minimalismo toma conta dos projetos. E a tecnologia 3D acompanha essa temática.

Nesse sentido, com a evolução tecnológica, é recomendado explorar abordagens que mesclam várias técnicas, como a programação e, principalmente, a impressão. Tais tendências do mercado de design podem servir como um guia de trabalho para os profissionais de criação que querem se manter atualizados e produtivos.

Por isso, não deixe de conversar sobre o assunto com os professores do curso de 3D que está pensando em fazer.

Dessa forma, você conseguirá saber se eles estão acompanhando as demandas do mercado de trabalho, e terá mais segurança para começar a exercer o ofício depois da finalização dos seus estudos.

Defina qual é a área em que deseja atuar

Um profissional com especialização em animação e modelagem 3D pode desenvolver uma infinidade de trabalhos com objetivos diferentes, que vão desde a criação de anúncios publicitários até a confecção de projetos e desenhos industriais.

Sendo assim, a escolha do software — e, consequentemente, do seu curso — dependerá dos seus objetivos como especialista. Se a sua paixão são os games, por exemplo, um curso de 3ds max pode ser o mais indicado para sua formação. Engenheiros e projetistas, por outro lado, já vão preferir trabalhar com o AutoCAD.

Os iniciantes que ainda não estão certos sobre qual caminho seguir podem investir em um curso de 3D básico, que inclua conceitos de modelagem, texturização e iluminação a partir de esboços simples. Assim, será possível conhecer suas preferências e definir suas áreas de atuação com mais clareza.

Valorize o ensino na prática

Dispense o curso de 3D que só te oferece uma apostila, e nada mais. Por ser um trabalho pouco teórico e muito prático, o método mais interessante para materializar seus projetos consiste mesmo em colocar a mão na massa, e incentivar o aprendizado por meio de tentativa e erro.

Além disso, essa metodologia também é vantajosa porque permite que você já construa um portfolio aos poucos, enquanto estuda.

Nesse sentido, o interessante é procurar um curso de capacitação online ou presencial de boa reputação, no qual você tenha acesso a instruções e tutoriais diretamente no software que pretende aprender a usar.

Busque referências

Conhece alguém que já fez o curso em que você está pensando em se matricular? A instituição de ensino tem reconhecimento, ou algum prêmio na área de design? As avaliações e depoimentos nas redes sociais da escola são positivos?

Poste suas dúvidas em fóruns online, converse com profissionais, procure por recomendações, descubra quem são os coordenadores e professores do curso — e se eles atuam no mercado —, peça para assistir uma aula experimental.

Há espaços mais gerais, comunidades criativas intersetoriais que abrangem diversos softwares e áreas de conhecimento como o Graphic Design Stack Exchange e o Creative Cow, mas também vale pesquisar se a própria equipe de desenvolvimento do software disponibiliza um espaço de discussão, como fazem o Rhinoceros e a Autodesk.

Com certeza, com essas práticas você terá informações suficientes para saber quais opções valem a pena. E, por meio das referências positivas, você poderá construir confiança no curso antes de começar a estudar.

Descubra o que combina mais com o seu perfil

Para quem deseja se graduar, de modo geral, os cursos mais indicados para iniciar uma carreira na área de 3D são: design gráfico, artes digitais, produção multimídia, audiovisual e jogos digitais. Contudo, é importante ressaltar, essas opções são mais abrangentes, e podem não focar nos assuntos que você deseja.

Se você tem a intenção de se inserir rapidamente no mercado ou já se graduou, uma boa opção é a pós-graduação em animação ou computação gráfica 3D. Apesar dos preços geralmente elevados e da alta demanda de tempo, essa especialização acrescenta muito valor ao currículo.

Outra opção interessante são os cursos livres e técnicos. Eles preparam o aluno para o mercado de trabalho de forma bastante objetiva, em um período otimizado e com um custo relativamente menor do que aqueles cobrados pelas faculdades.

Além disso, você tem mais flexibilidade de horários e conteúdo, além de não precisar frequentar aulas durantes todos os dias da semana. E, se o curso de 3D for online, as vantagens são ainda maiores, já que será possível montar a sua própria rotina de estudos sem sequer sair de casa.

Verifique a qualidade da certificação

Na prática, o que vai contar mesmo para os seus futuros clientes ou empregadores é a sua competência, seu domínio de softwares e sua criatividade. No entanto, se você tem a intenção de se candidatar para empregos mais formais — sejam eles públicos ou privados —, a certificação também é importante.

Portanto, procure por cursos que ofereçam certificados com autenticidade garantida após a sua conclusão. Isso te permitirá provar que possui os conhecimentos requeridos para a vaga, além de fortalecer sua imagem profissional.

Mas é interessante que esse documento seja emitido por uma instituição reconhecida, e nele conste o número de horas/aulas do curso, bem como índice de aproveitamento e data de conclusão.

Nessa hora, vale ainda conferir a estrutura dos certificados de pessoas que passaram pelo mesmo programa que você quer realizar.

Enfim, a escolha do curso de 3D ideal para seguir uma carreira promissora pode mesmo não ser nada fácil. Mas, seguindo essas dicas com um pouco de persistência, você vai, com certeza, se deparar com muitas oportunidades de aprender bastante!

E aí, gostou das nossas dicas? Quer ficar por dentro de mais novidades e informações exclusivas do blog? Então, aproveite para assine a nossa newsletter e receba todas as publicações do universo do design e tecnologia diretamente no seu e-mail!

(Última atualização em: 1 de junho de 2017)

Próximo ArtigoCadê o Title lá no Premiere?