Depoimento do aluno: Matheus Henrique

(Última atualização em: 2 de dezembro de 2016)

A partir de hoje, começaremos com uma série de posts que terão como foco depoimentos e histórias bacanas de nossos alunos. O primeiro deles é o do Matheus 🙂

Perfil:
perfil
Matheus Henrique, 21 anos, mora em Mogi-Guaçu – SP
Desenvolvedor web
Hobbies: por incrivel que pareça estudar, jogar sinuca e futebol.

Depoimento:

Estudar nunca foi o hobby de muitas pessoas, com o tempo passou a ser o meu e acredite: o único beneficiado será você! Durante o início de carreira o aprendizado é um dos grandes desafios de todo programador.
E sempre acabamos nos perguntando:

  • Como aprender a programar?
  • Como aprender uma linguagem de programação?
  • Como se dar bem em ser um desenvolvedor?

Acredito que a resposta para as três perguntas seria muito estudo e prática. Uma técnica que aprendi com o Guilherme Silveira que me ajudou: passei a assistir as aulas do Alura com velocidade em “2x” e comecei estudar e aprender o dobro sem precisar me dedicar horas e horas a mais. Outra coisa que ele me ensinou é a estudar um pouco todos os dias. Sempre separo no mínimo uma hora para os estudos todos os dias…seja estudando no Alura ou um livro da Casa do Código.

Mais importante do que estudar horas a fio, o importante é ter um contato com a linguagem que quer aprender todos os dias. Por menor que seja o tempo: pode alguns minutos do seu almoço ou antes de dormir.

Outra técnica que passei a adotar foi não copiar códigos ou utilizar recursos prontos. Muitas pessoas utilizam frameworks para poupar o esforço e economizar tempo, mas acredito ser um preço muito caro a se pagar para nós que estamos começando.
Você terá o resultado que deseja, mas sem saber o que está acontecendo por de baixo dos panos!

Passei então a criar meus próprios códigos para que eu possa aprender e principalmente entender como os frameworks trabalham. Depois de ter aprendido mais a fundo sobre determinada funcionalidade, não vejo mais problemas em copiar ou utilizar frameworks porque você já saberá o que está acontecendo por baixo dos panos.

Nunca seja pessimista ao ponto de pensar “não sou capaz”, “não sei fazer” ou “é muito difícil”! Com um pouco de dedicação, estudo e vontade tudo é possível 🙂

Não queira aprender tudo ao mesmo tempo!
Dedique-se em uma linguagem/tecnologia de cada vez. Qualquer que seja sua área, existem caminhos a serem seguidos e tentar cortar caminho geralmente não dá muito certo.

Quer aprender desenvolvimento front-end?
Aprenda HTML, CSS e Javascript. Deixe para partir para SASS ou jQuery depois, pois eles precisam de uma base de CSS e Javascript para que as coisas façam sentido para você.

Quer trabalhar com Java para a Web?
Aprenda bem o básico da linguagem. Depois, foque nos recursos avançados e só em seguida vá para a parte Web pois, para aprender um framework web como VRaptor ou Spring você precisa ter uma ótima base da linguagem.

Essas são algumas das técnicas e métodos de estudo que eu tenho adotado e vem me trazendo muitos benefícios!
Estou conseguindo evoluir e melhorar cada dia mais. Espero que sirva para você também que não sabe como começar ou ainda tem dúvidas sobre a longa caminhada que nós desenvolvedores temos de enfrentar 🙂


É Aluno do Alura também e tem uma história bacana pra nos contar? Conta que publicamos seu depoimento aqui!
Envie um email para gabriel.ferreira@caelum.com.br 🙂

Content Editor at Alura and Software Developer

  • Marcelo Melo

    Matheus,

    Legal demais seu depoimento! Me ajudou e deu um rumo de como começar meus estudos! Obrigado!

    • Fico contente Marcelo em saber que consegui lhe ajudar mesmo que seja um pouco.

      De nada, vamos estudar porque o céu é o limite.

  • Obrigado pela oportunidade equipe Alura, espero que possa ajudar alguém.

    Abraços

  • Jefte

    Legal Matheus!

Próximo ArtigoLiberada a apostila gratuita de SQL da Alura