Lançado .NET Core 1.0

No dia 12 de Novembro de 2014 a NASA conseguiu pousar uma sonda em um cometa e a Microsoft anunciou que o .NET seria open source. Que dia para a humanidade.

Mas esse .NET não era bem o .NET “comum” que nós conhecemos, era o .NET Core – uma reimplementação do .NET tradicional que prometia ser mais rápido, modular e multiplataforma. E essa semana ele se tornou realidade.
Depois de pouco mais de 1 ano e meio de desenvolvimento em conjunto com a comunidade nesta segunda-feira(27/06) finalmente foi anunciado o release 1.0.

Esta versão 1.0 roda em Windows, Mac e várias distros de Linux como RedHat e Ubuntu. Suporta C#, VB, F# e generics, LINQ, suporte assíncrono e mais. O código fonte está todo aberto no Github para quem quiser baixar, testar e contribuições são bem vindas.

Começando com o .NET Core

Se você usa o Visual Studio 2015(pode baixar ele de graça aqui) tem que baixar o Update 3 antes de baixar o .NET Core Tools for Visual Studio.

Se você for usuário de Mac ou Linux, a melhor forma e olhar a própria página do .NET, a http://dot.net e ver as alternativas que você tem. O que a Microsoft recomenda é que você use o Visual Studio Code, mas você pode usar seu editor favorito(Sublime Text, Atom, Brackets, etc).

O futuro do .NET

Ao desenvolverem o .NET Core, a ideia da Microsoft é que ele seja o futuro do .NET e que, devagarzinho, o .NET “tradicional” seja substituído pelo Core.

Não sabemos como será a adoção dos desenvolvedores e empresas e se o Core realmente vai virar como a Microsoft espera. Mas ter mais opções sempre é bom, certo?

Se quiser ler mais sobre o .NET Core, eu escrevi sobre a motivação do .NET Core e sobre os dois repositórios mais importantes do Core: o CoreFX e o CoreCLR lá no meu blog.

Todas as informações que você precisa saber hoje sobre ele estão na própria página do .NET e no blog do .NET 🙂

E aí, o que achou dessa novidade?

A propósito, você sabia que temos cursos de .NET?

Fique por dentro

(Última atualização em: 29 de junho de 2016)

Desenvolvedor e criador de conteúdo no grupo Caelum. Host do Alura Live. Sempre aprendendo coisas novas e passando o conhecimento adiante.

Próximo Artigo5 truques de After Effects para iniciantes