Mascarando campos de um formulário usando Java para Desktop

(Last Updated On: 1 de dezembro de 2017)

Temos um sistema desktop que gerencia os funcionários de uma certa empresa. Para realizar tal tarefa, o sistema necessita que todos os usuários estejam cadastrados.

Temos nosso formulário de cadastro representado pelo seguinte código:



public class FormularioCadastro extends JFrame {

   private JTextField nome = new JTextField();
   private JTextField cpf = new JTextField();
   private JTextField telefone = new JTextField();
   private JTextField senha = new JTextField();
    
   //resto do código
}

Ao executarmos a aplicação, temos o seguinte resultado:

Mas perceba que este formulário não está legal, veja o que acontece quando inserimos dados nesses campos:

Note os campos de CPF, telefone e senha. Perceba que os campos não tem limite de caracteres. Além disso, a forma correta para o telefone seria algo desse jeito: (11) 99713-3837, para o CPF 893.920.408-57 e, também, não é nada legal deixar a senha explícita desse jeito. Como formatar tais dados?

JTextFormattedField

Precisamos colocar uma máscara em cima dos nossos campos para que, conforme os dados sejam inseridos, nossos campos já consigam formatá-los. Infelizmente a classe JTextField não dá o suporte para formatação dos dados, mas para isso existe outra classe.

A classe JTextFormattedField estende a classe JTextField. Essa classe adiciona suporte para mascarar os dados do seu campo. Com isso podemos limitar e formatar os dados inseridos pelo usuário.

Agora que já sabemos o que precisamos usar, vamos por a mão na massa. Primeiro vamos colocar máscara no campo de telefone, para isso vamos alterar o atributo telefone:


private JTextField telefone = new JFormattedTextField(new MaskFormatter("(##) #####-####"));

Perceba que só foi necessário trocar o lado direito da declaração, pois como JFormattedTextField estende JTextField o mesmo não deixa de ser um JTextField.

Também podemos observar que passamos um objeto do tipo MaskFormatter e nele passamos a máscara que nosso campo terá. No caso, passamos “(##) #####-####”, essa “#” significa que o campo só irá aceitar números.

Se rodarmos nossa aplicação novamente veremos o resultado:

Boa, deu certo. Agora para o CPF, queremos, também, que só seja permitido dígitos e a formatação específica do CPF, certo? Bom, para isso vamos fazer a mesma coisa que fizemos com o telefone:


private JTextField cpf = new JFormattedTextField(new MaskFormatter("###.###.###-##"));

Executando o código:

E por último, a senha. Como encobrir os caracteres da senha com aquela bolinha preta?

JPasswordField

Igual ao JFormattedTextField o JPasswordField também estende JTextField. Essa classe, por sua vez, é um componente que representa um campo para digitar senhas ou informações sigilosas, pois ela esconde o valor original digitado e, por padrão, converte para as bolinhas pretas que estamos habituados a ver em campos de senha.

Para adquirir o resultado esperado, vamos trocar o atributo senha. Dessa forma:


private JTextField senha = new JPasswordField();

Ao executar a aplicação temos:

Pronto, todos os campos foram devidamente formatados!

Conclusão

Praticamente todos os formulários têm a necessidade de usar máscara para seus campos para auxiliar o usuário que está inserindo os dados, evitando erros e complicações no momento de preenchê-los.

Outra vantagem de fazer isso é que você vai conseguir ter um conhecimento melhor de como os dados vão chegar no seu servidor, logo, facilita na hora de tratar os dados.

Todas as classes que usamos aqui são do pacote javax.swing, que, por sua vez, nos provê componentes para montar nossas telas em aplicações Java para desktop.

Atualmente temos o JavaFX, que, também, é uma biblioteca do Java para montar aplicações desktop. Ele veio para resolver alguns problemas do swing como a dificuldade para desenvolver usando os componentes desse pacote, a falta de componentes mais ricos visualmente e outros empecilhos.

Já ficou perdido com formulários que não tinham máscara alguma? Comente aqui sua experiência.

Para saber mais sobre JavaFX, a Casa do Código possui um livro que destrincha grande parte dos seus componentes, lá você vai entender o que é o JavaFX e como utilizar em suas aplicações. E a Alura tem a Carreira Java, onde você aprenderá muito mais sobre a linguagem e suas peculiaridades.

FIQUE POR DENTRO

Próximo ArtigoComo escolher minha carreira em TI?