Por que um designer deve se manter atualizado sempre?

A carreira de designer está em alta no mercado, mas o esfriamento da economia e o grande número de profissionais na área tornam mais difícil encontrar emprego. Para contornar esse problema e conseguir uma vaga, assim como para evoluir em muitos outros pontos, investir na atualização profissional e em novos conhecimentos é a solução ideal.

Veja, em nosso post, os motivos pelos quais um designer deve se manter em constante atualização!

Melhores habilidades e técnicas

Uma das características marcantes da área de design é sua constante transformação técnica. Diariamente surgem novos softwares, atualizações dos já existentes, técnicas de aplicação ou mesmo novas disciplinas de design, como o UX/UI ou o motion design.

O profissional que se mantém antenado e busca atualizar seus conhecimentos ganha uma enorme vantagem sobre parte da concorrência, que não sai da zona de conforto e permanece com conhecimentos e conceitos datados.

Pense, por exemplo, no Photoshop. Não é difícil encontrar designers que aprenderam a usar o software em sua versão CS5, lançada há sete anos, e que não buscaram mais nada sobre o programa, que já sofreu duas grandes remodelações desde então.

Profissionais assim estão ultrapassados e terão sérias dificuldades para encontrar colocação no mercado, ao contrário daqueles que investiram no aprendizado dos softwares mais recentes.

Destaque em meio à multidão

Como dito acima, ter um diferencial é um ponto essencial para o designer que deseja alçar altos voos em sua profissão: grandes empresas e agências procuram por profissionais que tenham algo a mais para oferecer, e não apenas o básico aprendido em universidades e colégios.

Um dos benefícios de estudar continuamente em busca de atualização profissional é justamente a aquisição de vários desses diferenciais, que certamente farão de você um designer único e desejado pelo mercado.

Especialização

Outro aspecto notável no mercado de design é sua fragmentação. Com o surgimento de novas divisões além dos tradicionais design gráfico e industrial, demandas por profissionais especialistas em áreas como web design, design automotivo e design de games começaram a aparecer.

Buscar uma especialização, tanto na área acadêmica, com mestrados e doutorados, quanto em cursos livres, inclusive cursos online, enriquece seu currículo, agrega novas experiências e traz mais vantagens na busca por um emprego ou na evolução na hierarquia da empresa.

É possível encontrar uma infinidade de cursos online e a distância, com materiais e professores de qualidade e que oferecem certificados que podem ser adicionados a seu histórico profissional.

Melhores salários

Da mesma forma que profissionais graduados recebem mais do que aqueles que têm apenas o ensino médio, designers com uma vasta gama de conhecimentos e habilidades são mais valiosos e recebem consideravelmente mais (até quase 20%) do que aqueles sem tais atualizações.

Além dos salários mais atrativos, é por meio de pós-graduações e especializações que você pode ganhar posições dentro da empresa, chegando, por exemplo, a diretor de arte ou gerenciador de design da companhia.

Reforço do networking

Participar de novos cursos e eventos da área facilita a aquisição de novos contatos profissionais e ajuda a expor seu nome de forma positiva, aumentando seu networking e suas chances de obter boas recomendações e colocação no mercado de emprego.

Invista também na publicação de seus trabalhos e no contato com outros profissionais da área em redes sociais especializadas, como o Behance ou o Dribbble, em que a troca de conhecimentos e contatos é mais eficiente do que nas redes tradicionais, facilitando a criação de parcerias profissionais de sucesso.

Maiores e melhores conhecimentos

Quando se fala em aquisição de conhecimentos, não é preciso restringir-se apenas ao design. Todo conhecimento é válido, desde saber os acontecimentos recentes da política mundial até os novos lançamentos da música pop. Um bom designer precisa ter seu repertório de referências e inspirações amplo — e manter-se informado é essencial para conseguir isso.

Procurar aprender ou melhorar a prática em idiomas estrangeiros também é uma boa ideia: além de um diferencial em um mercado em que profissionais fluentes em inglês ganham até 61% mais, dominar outras línguas permite o acesso a outras culturas e vivências, o que aumenta seu repertório cultural.

Flexibilidade e controle de imprevistos

O design tem cada vez mais interligações com áreas como o marketing, a programação e a tecnologia da informação, e nada é feito sem a ajuda, mesmo que pequena, dos profissionais desses campos.

Sendo assim, torna-se extremamente importante que o designer moderno e atualizado procure saber mais sobre cada uma das áreas com as quais entra em contato no dia a dia de trabalho, desde noções de marketing digital até pequenos conhecimentos em linguagens de programação, como o PHP ou Ruby.

Além de proporcionar novas visões e ideias sobre seu trabalho, esses conhecimentos podem ser úteis em pequenos imprevistos cotidianos, como uma falha na programação de um site ou a necessidade de ajudar o pessoal do marketing a desenvolver uma nova estratégia de mídias sociais.

Desse modo, você ganha novas experiências e aprende novos meios de solucionar problemas, tornando-se um profissional mais completo, respeitado e altamente desejado no mercado de trabalho.

Abertura a novas ideias e desafios

O processo de procurar cursos de especialização é, por si só, um grande desafio, que demanda tempo e investimento.

Além disso, continuar a estudar abre sua mente para novas ideias e modos de agir, estimulando o pensar fora da caixa, a procura de soluções que desafiem o comum e tragam algo de novo.

São designers com esse perfil que fazem a diferença no mundo profissional, oferecendo resultados que agradam aos clientes e dão bons retornos quando postos em prática.

Neste texto, você viu como a atualização profissional é importante para os profissionais da área de design, além de motivos pelos quais vale a pena se esforçar para sair da zona de conforto e buscar atualizar e ampliar seus conhecimentos. Com essas vantagens em mente, comece agora mesmo a procurar por cursos de especialização e a tornar-se um designer ainda mais competitivo!

Gostou do artigo? Está animado a aprender cada vez mais? Então compartilhe nosso texto com os seus amigos pelas redes sociais!

Fique por dentro

(Última atualização em: 19 de maio de 2017)

Próximo ArtigoEntenda a diferença entre var, let e const no JavaScript