Primeiros passos em Inteligência Artificial (IA)

(Last Updated On: 18 de maio de 2018)

Antes de qualquer coisa, gostaria de dedicar este post ao Flávio Andre Virgilio, meu aluno da Alura e inspirador da resposta, à Mayra Oliveira, minha revisora, que me incentivou a fazer o post, e a todos aqueles que querem começar na área de IA, mas não enxergam uma direção clara.

Vou iniciar com um questionamento. Você já parou para se perguntar qual é o tipo de carreira em IA que você deseja iniciar e o que irá fazer nela, seria coordenar? Programar? Inovar?

Considero que todas essas coisas são possíveis :). Na primeira, você gerenciaria um time de IA, na segunda faria parte desse time e na terceira trabalharia em um laboratório de inovação ou com pesquisa.

Partindo disso e da minha experiência, é uma boa que você:

  • goste de lógica. Algoritmos são a base da IA, quanto mais desenvolvido for o seu raciocínio lógico, melhor.
  • tenha interesse em questões filosóficas, de neurociência, matemática, física e até de psicologia. Na Filosofia, além da área de Lógica, a de Teoria do Conhecimento propõe pensar como definir o que é conhecer algo, e isso é importante para IA.
  • saiba uma linguagem de programação. Assim pode aplicar os algoritmos, a lógica e as teorias usando um computador. Aconselho Node (para as APIs de serviços), Python e Java (para os códigos e bibliotecas). C ou C++ são uma boa também. Teste programar em algumas dessas linguagens e veja com a qual sente maior afinidade.

Considero esses 3 pontos básicos, até para saber se esse é o caminho. Ainda falando de modo pessoal, caso você seja apaixonado pelas coisas acima, continue. IA pode ter um mercado em expansão agora, mas sempre seremos bons naquilo que amamos e somos felizes fazendo.

Agora vamos lá para as referências mais práticas.

Você já pensou sobre os pontos acima e sabe que tem um super interesse. Agora pratique. Procure pegar um problema simples e resolva-o até o final. E então pegue um próximo, outro, e assim por diante.

Por exemplo, você escolheu fazer um Chatbot, vá seguindo até ter uma solução completa e então passe para um próximo curso da carreira como o de Machine Learning e também execute-o até o final.

Isso é importante para que você sinta como é desenvolver uma solução.

E como fazer isso?

Além disso, incentivo você a não parar por aí. Depois de ter concluído o primeiro projeto, compartilhe. Mostre para pessoas próximas, faça um blog, mande um link no twitter, participe de Meetups de IA na sua cidade.

Independentemente de como você classifique esse conhecimento que adquiriu, iniciante, intermediário ou avançado, é sempre bom que ele seja compartilhado 🙂 e se multiplique.

Eu poderia adicionar referências a esse post eternamente, mas espero que tenha te dado algum norte para colocar as mãos na massa e começar.

Bora mandar bala em uns algoritmos! o/

FIQUE POR DENTRO

Próximo ArtigoClonando personagens no Scratch