Produção de conteúdo: veja dicas para ter material relevante no seu blog!

(Última atualização em: 16 de junho de 2017)

A melhor forma de atrair público para o seu blog é criando conteúdo relevante e de qualidade. Ao oferecer materiais que ajudam, educam e entretêm, você cria um vínculo instantâneo com cada visitante, e essa relação é fundamental para o sucesso do blog!

Quer saber mais sobre produção de conteúdo? Listaremos a seguir as dicas mais importantes para quem está começando a se aventurar por esse mundo! Confira:

Produza conteúdo relevante

Você já reparou a quantidade enorme de conteúdo que você consome todos os dias? São notícias, vídeos engraçados, posts de opinião nas redes sociais, músicas, videoclipes, imagens, GIFs, fotografias, etc. Mas, quanto disso realmente é relevante?

Se você passar agora pela sua timeline em qualquer rede social, quais produtores de conteúdo vão cativar sua atenção e ganhar seu clique?

Esse é o pensamento que precisa nortear a sua produção de conteúdo. Nós somos atingidos por conteúdo o tempo inteiro, e o que define se ele é bom é a relevância que tem para o público. Ao criar conteúdo para o seu blog, procure fazê-lo seguindo esses dois princípios:

1. Conheça seu público

O primeiro passo da produção de conteúdo é traçar bem a sua persona. A persona é uma representação do seu público ideal, com as características e problemas que você deseja atingir e solucionar.

Ao definir sua persona, você consegue entender melhor como cada conteúdo vai se encaixar dentro da sua estratégia. Se ela gosta de textos longos, você não precisa perder tempo produzindo conteúdos menores; se ela não tem tempo para ler, você pode investir em criar vídeos ou um podcast.

Conhecer seu público é fundamental para produzir conteúdo relevante, e, com uma persona bem definida, o processo de criação se torna muito mais tranquilo!

Utilizar personas é uma dica que pode facilitar bastante a sua vida caso você deseje atuar como redator freelancer, uma vez que ajuda você a conhecer melhor quem seus clientes desejam atingir com conteúdo.

2. Planeje cada conteúdo

O planejamento é a alma do conteúdo de qualidade. Ao ter uma ideia, coloque-a no papel e faça uma pauta bem detalhada do que será produzido. Defina:

  • formato: será um e-mail marketing ou conteúdo para o blog? Post, e-book, infográfico, vídeo?
  • tamanho e linguagem: curto, médio ou mais denso? Linguagem mais técnica ou mais acessível?
  • Call To Action (CTA): qual será o objetivo do seu conteúdo? Pedir que o visitante compartilhe nas redes sociais, baixe um e-book, acesse outro artigo ou vídeo, assine a newsletter?

Lembre-se de adequar cada um desses pontos aos objetivos e interesses da sua persona. Uma pauta bem estruturada funciona tão bem porque permite que você ou qualquer outra pessoa produza o conteúdo, sem prejuízos.

Aposte em formatos diferentes

Além de um tema relevante, o formato também é importantíssimo para o sucesso do conteúdo. A internet oferece muita liberdade nesse sentido, e a vantagem está ao lado daqueles que sabem aproveitar todas as oportunidades. Confira os formatos mais utilizados atualmente:

Post

O bom e velho post de blog. Escrito em texto corrido, com imagens apenas ilustrando o conteúdo, o post é o formato mais conhecido e produzido internet afora. Pode ser curto ou longo, informativo ou educativo, tutorial, lista, guia e até mesmo um texto opinativo.

Esse é um formato muito bacana de trabalhar, e a sua eficácia vai depender de cada persona. Como falamos anteriormente, a linguagem, a extensão e até mesmo o estilo de formatação do post vão depender das preferências da sua persona.

Entretanto, algumas dicas são universais:

  • lembre-se de que poucas pessoas utilizam apenas o computador para ler posts. Adapte seus textos para serem lidos em smartphones e tablets, utilizando fontes de fácil leitura, cores contrastantes e tamanhos confortáveis. Um site responsivo é fundamental;
  • a internet é bastante flexível quando o assunto é Português. Gírias, abreviações e até mesmo alguns errinhos de ortografia são aceitos nas redes sociais, mas nos posts podem gerar uma má impressão. Não é preciso escrever como em uma tese de doutorado, mas o básico da concordância, acentuação e gramática precisa ser respeitado;
  • textos bem escritos são aqueles que o leitor consegue ler e entender sem dificuldades. Não se preocupe em enfeitar demais o post com citações, exemplos e explicações. Na maioria das vezes, ser objetivo é a chave para o sucesso;

Infográfico

Os infográficos são ótimos para fazer listas, mostrar números e estatísticas ou explicar um assunto um pouco mais complicado. São materiais relevantes e ricos e podem ser disponibilizados como conteúdo exclusivo (mediante cadastro, por exemplo).

Assim, você conquista e-mails para a sua base de leads e recompensa o visitante com um material rico. Para os e-mails cadastrados, você pode criar uma newsletter semanal ou mensal, fazer e-mail marketing e muito mais.

A dica para criar bons infográficos é apostar em imagens e cores fortes, chamativas, mas sem sobrecarregar o visual. Cores contrastantes e pouco texto tornam a leitura mais fácil, ainda mais se você estiver trabalhando com números e porcentagens, por exemplo.

Áudio e vídeo

Os formatos audiovisuais fazem muito sucesso aonde quer que apareçam. Mais dinâmicos, dão a sensação de conversa, de proximidade, muito mais do que um texto ou imagem.

Existem várias formas de consumir esses conteúdos, o que os tornam uma alternativa viável para os mais diferentes tipos de persona. Hoje, qualquer smartphone reproduz vídeos com boa qualidade, e se não possui ferramentas próprias para executar áudios, permite pelo menos a reprodução em navegadores.

Além disso, esses formatos podem ser consumidos em qualquer ambiente — basta que o usuário esteja com seus fones de ouvido. Você pode levar conteúdo relevante para o seu público enquanto seus leitores estão na academia, pegam ônibus ou metrô ou, até mesmo, durante as pausas no trabalho.

Veja algumas dicas:

  • não importa se você vai gravar um vídeo para o Youtube ou um áudio para podcast, qualidade é fundamental. Escolha uma câmera com boa resolução (pode ser até a do seu celular), um ambiente organizado, bem iluminado e silencioso e mande ver na gravação;
  • sobre edições: na maioria das vezes, menos é mais. Grandes produções demandam investimento em equipamento de alta qualidade e tratamento pós-produção. É possível criar produtos audiovisuais de boa qualidade sem gastar muito. Basta manter a simplicidade e a objetividade, fazendo edições pontuais apenas para lapidar o produto;
  • você pode adaptar alguns conteúdos para formatos audiovisuais, como aulas e tutoriais, e até transformar seus posts em vlogs. Estude sua persona e faça testes, até encontrar o melhor formato para cada conteúdo.

E aí, já está preparado para produzir materiais irresistíveis para o seu blog? Compartilhe este post nas suas redes sociais e ajude outros blogueiros a darem o primeiro passo na produção de conteúdo relevante!

Próximo ArtigoO dia a dia de um profissional que aprende: o calendário de estudo