Produtividade do Gui: limite o tempo desse site

Diz a lenda que o Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, tem seu almoço definido por outra pessoa pois ele não quer gastar energia decidindo o que vai comer.

Eu ainda tenho muito prazer escolhendo meu prato ou sobremesa, mas extremos como este trazem a tona as dificuldades que enfrentamos na hora de escolher algo.

Costumes do dia a dia

Se tenho três abas do navegador abertas e fecho uma pois terminei uma tarefa me pergunto: qual fazer agora? Tenho que analisar se vale a pena ir para uma ou a outra.

Tenho que mudar meu contexto de uma para a outra e, pior ainda, pode ser que no meio de uma tarefa eu vá para a outra e depois volte. Quanto mais escolhas, mais tempo gasto pulando entre uma e outra.

Por muito tempo tive a ilusão de ser multitarefa, até aprender que essa característica não funciona bem como imaginamos.

Uma coisa de cada vez

O cérebro está trabalhando o tempo todo, mas não parece funcionar como um processador de computador: se o seu tem 8, ele faz 8 contas matemáticas diferentes ao mesmo tempo.

Eu mal consigo fazer uma conta de soma. Se fizer uma conta de mais ao mesmo tempo que tomo banho eu já não lembro se passei o shampoo ou não. Sempre bato na tecla de manter uma única aba aberta: feche todo o resto.

Mantenha somente um programa aberto por vez. Deixe seu celular com o visor virado para a mesa, não leia seu conteúdo, desative notificações de mensagens.

Distrações do dia a dia

Mas mesmo assim ainda temos um momento de escolha muito duro no dia a dia. Quando abrimos uma nova aba podemos entrar no site do trabalho, ou digitar “face”, enter. Ai abre outra aba depois…

O facebook está a quatro cliques de distância, como resistir? Se o seu vício não é o facebook, que seja o instagram, o twitter, o jornal, a revista científica online, o blog. Como resistir abrir ele no meio do período que quer focar em outra coisa?

Aprenda a limitar suas distrações

O plugin StayFocusd para o Chrome permite configurarmos a URI de diversos sites, como www.blogquesouviciado.com.br e www.sitequesouviciado.com.br, e o tempo máximo que podemos passar neles por dia. Comecei com 15 minutos para meu facebook e jornais – para o dia inteiro!

Já no primeiro dia estourei o limite dos 15 minutos. Poderia ter configurado somente 15 minutos para o horário de trabalho, mas percebi que esses sites também afetavam minha vida pessoal em casa. Portanto são 15 minutos no máximo o dia todo.

Foi uma longa semana de adaptação, já durante a segunda semana não estourei o limite nenhuma vez. Na terceira percebi que alguns sites eu acessava somente para “matar o tempo”…

Exatamente aquele tempo que eu reclamava que eu não tinha. Eu devia estar gastando mais de 30 minutos por dia nesses sites, são 11 horas por mês, basicamente um dia e meio de crescimento na minha carreira e produtividade gasto completamente no facebook e sites para matar o tempo.

Qual foi o resultado disso tudo?

Hoje mantenho um uso mais saudável do site do facebook, menos de 10 minutos por dia. E os sites de matar o tempo foram completamente bloqueados em dia de semana. Tudo feito através do plugin.

E no celular, quando estou numa fila, ou elevador? Tenho só duas opções: se vou ficar muito tempo em uma fila, estudo algo no site do Alura ou leio um livro através da Casa do Codigo ou do Kindle. Se é algo rápido, envio mensagem para minha família ou amigos.

Não tenho opções, eu fiz minha escolha meses atrás. Agora não gasto nem energia nem meu tempo. Não mato mais o meu tempo com pequenos vicios. Faço algo que me dá prazer e ao mesmo tempo enriquece minha vida.

Claro, comece simples. Bloqueie os sites para 15 minutos diários (tenha coragem!), matenha o celular virado para baixo e sinta a diferença. Viva a vida, seu estudo e seu trabalho.

Nos momentos entre focos, de transito ou de espera, pode usar o celular 🙂

Junte-se a mim, ao grupo que escolheu aproveitar o tempo com o que quer, e não matar o tempo com qualquer coisa.

E como sempre, compartilhe comigo um screenshot de sua configuração do StayFocusd com a tag #produtividadedogui

(Última atualização em: 24 de março de 2017)

Tech Education Leader no Alura

  • Rafael Menezes

    Bom dia, Meu nome é Rafael e eu estou a 4 meses sem Facebook.

    Brincadeiras a parte, adotei medidas parecidas e estou produzindo muito mais. Até me sentindo melhor sem aquelas baboseiras do Face pra ser sincero.

    Infelizmente precisei tomar uma medida mais drástica pra atingir esse objetivo.

    Mudei a senha no face da seguinte maneira: digitei um texto aleatório (tentando sair do vi no linux… kkk ), copiei , colei e salvei a nova “senha”.

    Então eu simplesmente não sabia mais a senha! rs… Passados dois meses eu percebi que não sentia mais falta daquele hábito… recuperei a senha.

    Detalhe: ainda continua como fechado.

    Só uso como forma de login alternativa (como para publicar esse comentário).
    Meu caso era crítico eu passava bem mais de 15 minutos por dia, tenho até medo de fazer essa conta de horas no mês :p

    Forte abraço!

  • Anonymous

    Boa noite, eu já não tenho vicio nenhum em rede social em nenhuma, sempre procuro estudar mais tem hora que parece que fico estudando em círculo e acabo não saindo do lugar, tenho 23 anos trabalho há 3 anos com desenvolvimento de sistema em java. Mais ainda sinto que falta muito e me perco muitas vezes. Procuro depoimento de pessoas que iniciou do zero ao sucesso! para me automotivar mais é dificil achar depoimentos de como foi a história do zero ao sucesso. Mais cada dia busco aprender um pouco acredito que mesmo nesse circulo aprendo algo, só que preciso de um conselho para sair dele e traça uma linha para o sucesso.

  • Vinicius Vinci

    Ótimas dicas para iniciantes no auto-controle online. Só acho que dá pra melhorar um pouco e limpar ainda mais a alma da poluição informacional, talvez por um método mais radical. Estou desde agosto de 2015 sem facebook (aleluia!) e há 3 meses sem whatsapp (acreditam?). Também não saio mais de casa com celular, tiro fotos mentais, e anoto endereços, contatos e idéias num caderno. Em vez de ficar vendo mensagens na espera ou no trânsito, ando sempre com um livro de bolso, mas prefiro usar esse tempo livre pra pensar ou escrever. Em casa, celular no silencioso, sem vibra, e ‘modo avião’ o dia todo.

    No fim das contas os amigos e clientes sabem que só respondo email sem urgência, e retorno ligações até o fim do dia. Esse é o método Zen (zen ruídos) que tem funcionado pra mim. As abas eu acumulo e deixo abertas quando a leitura é importante, e zero todas antes de dormir, pois o que aprendemos logo antes de dormir, memorizamos melhor:

    http://lifehacker.com/5896513/study-before-bed-for-significantly-better-retention

    Ah, zerar a caixa de entrada também é essencial. O que eu ganho com toda essa abstinência? Aplico tudo em ócio, oras bolas! Pois limito minha produtividade também para no máximo 4 horas por semana. x’D (brincadeira)

    A maioria esmagadora das pessoas acham esses hábitos impraticáveis, mas nem por isso eles deixam de funcionar. Alguém aqui já tentou algo parecido?

  • Vinicius Vinci

    Estou desde agosto de 2015 sem facebook (aleluia!) e há 3 meses sem whatsapp. Email e telefone são mais que suficientes.

  • Vinicius Vinci

    Ótimas dicas para quem quer se aventurar no auto-controle online! Pra ir além, sugiro um método até mais radical, porém meio anti-social. Estou desde agosto de 2015 sem facebook (aleluia!) e há 3 meses sem whatsapp (sim, é possível, mas uso Telegram, porque tem menos gente). Também quase nunca saio de casa com celular, e anoto endereços, contatos e idéias num caderno. Em casa, celular no silencioso e modo ‘economia de energia’ o dia todo. Fica sem nenhum aplicativo ativo. Só habilito quando vou checar mensagens.

    No fim das contas os amigos e clientes sabem que só respondo email sem (tanta) urgência, e retorno ligações até o fim do dia. Esse é o método Zen (zen ruídos) que tem funcionado pra mim. As abas eu acumulo e deixo abertas quando a leitura é importante, mas às vezes ficam lá suspendidas (tab suspender extension), e tento ler à noite, pois o que aprendemos logo antes de dormir, memorizamos melhor:

    http://lifehacker.com/58965

    Ah, zerar a caixa de entrada também é essencial. Mandar pro ‘snooze’ (bumerangue) do inbox, pra reaparecer outro dia, também ajuda. O que eu ganho com toda essa abstinência? Aplico tudo em ócio, oras bolas! Pois limito minha produtividade também para no máximo 4 horas por semana. x’D (brincadeira)

    A maioria das pessoas vai achar esses hábitos impraticáveis, mas pra mim tem funcionado. Com um ou outro deslize por muitas abas seguidas no wikipedia e sites obscuros, admito.

Próximo ArtigoVeja como a tecnologia 3D cresce no meio do design