Profissões para designer: conheça 9 oportunidades em crescimento

O mercado vem sofrendo uma rápida e abrangente evolução tecnológica, sobretudo para os designers. A tecnologia tem contribuído para a evolução de conceitos e hábitos do consumidor, além de ter diversificado as áreas de atuação e dado espaço a novas profissões para designers.

A seguir, falaremos sobre algumas áreas em crescimento para o Design. Graças à inovação tecnológica, os novos nichos de mercado não param de surgir!

Áreas do conhecimento

UX Designer

Muito abordado para lojas virtuais, o User Experience (UX) é a classificação da experiência do cliente ao navegar em um site. Ou seja, por meio dessa avaliação, é possível identificar se o design do site e seu desempenho estão atendendo às expectativas do cliente e fazendo com que este tenha uma boa experiência durante a navegação.

Para desenvolver uma UX de alta performance, é necessário contar com a colaboração de web designers, que vão estruturar toda a usabilidade e interface do site. Trata-se de uma importante área em crescimento, já que estamos falando de um período em que o número de lojas virtuais tem crescido.

Design de serviços

Pensando na importância dos produtos, além da tecnologia, percebemos a sua usabilidade, o significado para os consumidores e sua estética. Tudo isso, juntamente com a abordagem para a oferta desse produto, classificamos como Design de Serviços.

Essa área de atuação consiste em programar todo o serviço a ser oferecido. Significa estar ao lado da empresa cliente para projetar como atender o cliente final com o produto e como este deverá ser. Por exemplo: se teremos um novo aplicativo para transporte de pessoas, o design de serviços vai estudar qual a melhor, mais inovadora e abrangente forma de atender esse cliente, além de criar a identidade visual do aplicativo.

Medicina

No ramo da medicina, a tecnologia também tem aberto portas para os designers. Com o surgimento de novos tratamentos e inovação na busca de diagnósticos, os aparelhos precisam alcançar o melhor resultado. Os cuidados com ergonomia e funcionalidade são imprescindíveis para a checagem do paciente.

Designers passam a ter uma boa oportunidade para o desenvolvimento desses equipamentos, assim como a criação de próteses mais adequadas à necessidade de cada paciente, proporcionando a solução para o seu problema e mantendo o conforto aliado à funcionalidade.

Web Designer

Essa não é uma das profissões mais recentes para designers, mas a citaremos levando em consideração o seu crescimento. Além dos sites institucionais, as redes sociais se tornaram o cartão de visitas para qualquer empresa na internet. Conteúdos em blogs e os anúncios são os maiores chamarizes para a visibilidade de sua empresa.

O web design compõe o marketing digital, valorizando a identidade visual, estética e boa expressão de anúncios por meio de criações específicas para web. O profissional leva em consideração o conhecimento técnico e sua aplicação para o contexto da internet, visando atender às expectativas do cliente.

Designer de Front End

O conhecimento em HTML e CSS permite que os designers sejam imbatíveis na construção de layouts para sites, blogs e demais conteúdos para a internet. Quando falamos em Front End, nos referimos a toda a parte da plataforma do site visível para o consumidor.

Nesse ramo, o designer desenvolve o Front End, considerando seus conhecimentos técnicos sobre performance do site e estética. O trabalho vai desde a estruturação da navegação até a harmonização de cores a serem utilizadas. Essa é mais uma das oportunidades para designer que foram ampliadas com a chegada da tecnologia.

Design de Interiores

Não muito relacionada à tecnologia, essa área de atuação considera a harmonização e organização de informações e identidade visual de interiores de imóveis. O designer tem a possibilidade de personalizar um ambiente a fim de atingir um objetivo de captação de clientes ou, simplesmente, reforçar a identidade da empresa e garantir o conforto da acomodação.

Esta área é importante para empresas que se preocupam com a estrutura física a ser apresentada a seus clientes e o tipo de conforto que deseja fornecer. Nesse caso, o designer atuará lado a lado com a equipe de Comunicação Interna, considerando que, mesmo que direcionado aos colaboradores, há objetivos a serem alcançados com uma boa harmonização do ambiente.

Design gráfico

Os designers gráficos de veículos de comunicação impressos são aqueles responsáveis pela criação de jornais, revistas, panfletos, folders, cartões de visita, etc. O trabalho consiste em diagramar a informação de maneira interessante e chamativa, que atraia a atenção do consumidor.

O conhecimento necessário vai desde o comportamento do público, para entendimento de qual mídia abrangerá o maior número de pessoas, até o conhecimento técnico para a estruturação do material, respeitando a identidade visual da empresa contratante.

Formas de atuação de designers

Como já vimos até aqui, estão abrindo diversas oportunidades de atuação para designers. Contudo, além de estar atento às tendências do mercado, é necessário que o designer esteja interessado em conhecer culturas, para saber contextualizar culturalmente o produto e, para desenvolver conceitos, é importante embasar-se no comportamento e ambiente no qual o consumidor está inserido.

Todas as profissões para designers podem ser exercidas em empresas. Porém, temos formas autônomas de atuação. Aqui, citaremos duas:

Freelancer

Os trabalhos autônomos rendem um faturamento sustentável, se levados a sério. É possível ser dono do próprio negócio ou trabalhar como autônomo, recebendo demandas avulsas. Para que tenha sucesso, é necessário disciplina e organização. Somente assim será possível manter um índice satisfatório de produtividade.

E-commerce

Um e-commerce de design funciona tão bem como outro qualquer. O cliente acessa o site, solicita um orçamento e ele próprio pode enviar material da marca para que as peças que deseja sejam produzidas e enviadas. É possível atender a vários clientes dessa forma, sendo como complementação da renda ou, até mesmo, uma renda fixa, dependendo do fluxo de atendimentos.

Preparado para iniciar uma carreira promissora como designer? Então dê uma olhada em uma das carreiras que temos aqui na Alura:

As opções de profissões para designer são muitas e o aperfeiçoamento vai permitir que tenha ainda mais chances de ter sucesso em qualquer uma das áreas.

Gostaríamos de ter a sua opinião sobre as oportunidades para designers, assim com suas experiências em alguma delas. Deixe sua mensagem neste post!


Próximo ArtigoDos palcos à programação: a trajetória de Leonardo Andrade