Veja como a tecnologia 3D cresce no meio do design

(Última atualização em: 17 de março de 2017)

Se escolher uma área de trabalho já é difícil, a especialização pode ser um pesadelo. O design é um dos maiores exemplos disso. São tantas disciplinas para se especializar que o iniciante na carreira pode ficar confuso se está escolhendo ou não o caminho certo.

Mas, nos últimos anos, a tecnologia 3D se tornou um coringa da área e seu uso está se expandindo para todas as práticas do design. Veja como ele está sendo usado e a importância de estar atento a essa transformação profissional.

Modelagem 3D: Dando vida ao design

Já faz um tempo que a modelagem 3D se tornou uma habilidade importante para designers que querem trabalhar em jogos, filmes e outras mídias digitais.

Essa não é mais uma tendência, é o padrão daqui para frente! Ter habilidades para trabalhar com a concepção e criação de modelos pode gerar uma vantagem competitiva muito desejada.

Veja como a tecnologia 3D vem crescendo para quem trabalha com modelagem.

3D em design de personagens

O design de personagens se tornou importante não só em filmes e jogos, mas também em estratégias de marketing que abraçam o storytelling para alcançar seu público. Quantos mascotes você tem visto por aí ultimamente?

A tecnologia 3D facilitou muito a concepção de personagens que, ao mesmo tempo, se conectam com as pessoas emocionalmente e transmitem os valores da empresa. Assim, as técnicas de modelagem são tão valorizadas para os designers que querem reforçar a identidade visual de uma empresa.

3D em peças virtuais

A modelagem 3D também se tornou um grande aliado do design gráfico. O consumo de design na internet e mobile cresce a cada ano. Os aparelhos se tornam mais potentes e o uso de tecnologia 3D abre uma nova porta para criar peças de design interativas.

Pense em aplicativos, vídeos, interfaces. Elementos tridimensionais servirão para criar novas experiências. E ainda tem a realidade virtual, outra aposta da indústria para o futuro. A modelagem 3D é a chave para o consumo de conteúdo manipulável.

Espaços 3D: Imaginando dentro da tela

A tecnologia 3D transforma a forma como temos que imaginar algo que ainda não está lá. Profissionais que apostam nessa área são disputados entre as empresas que querem oferecer aos seus clientes uma experiência de compra diferenciada. Veja exemplos:

3D em design de ambientes

Uma sala reformada, a disposição dos móveis, as cores das paredes… O uso de tecnologia 3D na criação de ambientes é muito valorizado no design de interiores por conseguir mostrar ao cliente exatamente o que ele terá ao contratar o serviço.

Além disso, há também a organização de espaços para eventos, criação de ambientes planejados, uma grande área dentro de uma especialização.

3D em criação de mundos

Sim, novamente falamos de realidade virtual e como ela se beneficia com a tecnologia 3D. Profissionais especializados na criação de espaços e cenários começam a ser muito requisitados para criar mundos dentro da tela, seja para o entretenimento ou para campanhas publicitárias.

Nada de museus virtuais ou agências de banco em 3D. Pense nas possibilidades que um designer pode criar no futuro, aliando a identidade visual de uma empresa à um mundo exclusivo, cheio de experiências novas e interativas para os consumidores.

Impressão 3D: O design autossuficiente

Nenhuma das novas tecnologias 3D promete mudar tanto o design como um todo do que a impressão de objetos tridimensionais. Mesmo ainda em seus primeiros passos, a técnica já vem transformando processos e até a forma como o design é pensado. No Brasil, empresas do ramo estão lançando novos materiais e as possibilidades são ilimitadas.

Uma grande vantagem da impressão 3D é a autossuficiência para o designer, que pode criar suas peças e também produzi-las, para vender ou experimentar novos caminhos.

Veja como esta tecnologia está auxiliando diversas áreas do design:

3D em design de produtos

A área de design de produtos talvez seja a mais beneficiada com o avanço das tecnologias de impressão 3D. A possibilidade de criar um produto novo e poder manipulá-lo ao vivo, na hora!

Na especialização de design de produto só se fala em ergonomia, inovação e praticidade. A capacidade de testar todas estas características em pouco tempo, ver o que dá certo e o que não dá, não só economiza tempo de criação como dá ao designer a chance de experimentar e encontrar novas soluções.

E nós sabemos bem. É na busca de novas soluções que o design transforma nossas vidas.

3D em design de interiores

Estes produtos criados também podem ser peças de decoração. Podem até ser obras de arte!

Designers de interiores, num futuro próximo, não vão precisar pesquisar pela cidade inteira para encontrar a peça que falta para encaixar naquele lugar que está vazio.

Uma, duas, ou todas as peças, o designer será capaz de planejar um espaço da forma como ele realmente planejou e colocar a assinatura do seu estilo no ambiente, seja uma casa, um comércio, ou até um evento inteiro!

3D em design gráfico

Design gráfico? Você pode estar pensando que não existe área mais bidimensional no design. Será que a impressão 3D também pode ajudar nesta parte?

É claro que sim, e muito! O design gráfico vem expandindo seus horizontes através de experimentações há um bom tempo, com materiais diferentes, texturas variadas, novas formas de apresentar um conteúdo gráfico.

Os designers dessa área ganharam com as impressoras de objetos tridimensionais uma nova forma de expressão. Ao aliar o gráfico ao físico, tecnologias 3D estão ajudando os profissionais a criarem peças inovadoras e criando novas formas de divulgação e interação com o público.

Seja qual for a área do design que um iniciante na carreira escolher, aprender a usar a tecnologia 3D pode ser garantia de sucesso em qualquer especialização. Se você está projetando para o futuro, esta habilidade pode se tornar indispensável para quem quiser atuar na área.

E é claro que você está pensando no futuro, não é? Por isso, discuta o assunto. Compartilhe este artigo nas redes sociais e converse sobre os rumos da profissão. Só assim os profissionais irão crescer juntos e buscar novas possibilidades e oportunidades.

  • Jonas Junior

    Olá pessoal do Alura, gostei muito desse post. Vejo que vocês tem um bom conhecimento na área de modelagem e impressão 3D. Queria saber de vocês qual o modelo de impressora que sugerem ao iniciantes para poder gerar uma renda. Tenho conhecimento em modelagem 3D, mas o investimento inicial é um pouco alto.

Próximo ArtigoConheça Giullia Cristiny, a aluna música